terça-feira, 4 de maio de 2021

Júri Popular: Novas perícias e oportunidade de julgamento justo podem provar inocência de Lucas Porto que há mais de quatro anos está na prisão

Em 2016 o empresário maranhense e bacharel em direito, Lucas Leite Ribeiro Porto, começou a vivenciar um verdadeiro pesadelo, um drama que mais parece um daqueles livros ou filmes de ficção, inimagináveis na vida real. Até então, Lucas era casado, tinha duas filhas, pais e irmãos amorosos, reconhecimento da sociedade e muitos, muitos amigos. 

Mas, no dia 13 de novembro sua cunhada, a publicitária maranhense Mariana Costa, foi encontrada morta no apartamento em que morava com o marido e filhos. Por ser íntimo da família e ter estado no apartamento naquele dia, Lucas Porto foi acusado pelo crime, que afirma não ter cometido.

Sentenciado pela opinião pública, pela mídia, pelas incontáveis fake news, Lucas perdeu tudo o que conquistou por décadas e está há quase cinco anos entre os presos comuns do Maranhão, aprisionado por um jogo político, econômico e midiático. 

O principal advogado do caso é o criminalista Ricardo Ponzetto, que no próximo dia 24 de maio, durante o Júri Popular de Lucas, vai provar inúmeras falhas nas investigações, perícias, decisões do juízo e da desumanidade de uma prisão cautelar que repete a realidade de mais de 30% dos mais de 700 mil presos no Brasil, onde aproximadamente 200 mil homens e mulheres estão encarcerados sem nenhum julgamento, 5 mil só no Maranhão, onde há mais de 11.800 presos em regime semiaberto e fechado.   

Confira a entrevista de Ricardo Ponzetto sobre o caso em nosso site: www.benignasoares.com.br 

MARANHÃO: obras no aeroporto de Barreirinhas (MA) chegam à fase final

A região de Barreirinhas (MA), uma das portas de entrada do famoso Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e suas belezas naturais únicas, ganhará em breve uma nova estrutura para reforçar a recepção de visitantes. Com investimentos de R$ 9 milhões dos governos federal e do Maranhão, chegam à fase final as obras do aeroporto local, que vai ajudar a movimentar o fluxo de viajantes à cidade distante 255 quilômetros de São Luís, capital do estado.

Equipes da Secretaria de Infraestrutura do estado realizam os ajustes finais no espaço, cujo terminal de passageiros recebeu um aporte de R$ 3,9 milhões do Ministério do Turismo e será reequipado e mobiliado com recursos do Ministério da Infraestrutura. O local dispõe de área de embarque e desembarque, banheiros - incluindo instalações a pessoas com deficiência -, saguão, setor de exposição, lojas e um anexo administrativo.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, ressalta que a obra é mais um exemplo do empenho do governo Jair Bolsonaro pela melhoria da conectividade aérea e a preparação do setor à retomada no pós-pandemia. “Para atender a demanda por destinos nacionais precisamos de uma adequada estrutura aeroportuária. E é este o objetivo do nosso governo, proporcionar cada vez mais condições para que turistas brasileiros e estrangeiros conheçam as belezas do nosso país”, frisa.

A nova estrutura do Aeroporto de Barreirinhas, cuja conclusão está prevista para o segundo semestre deste ano, comportará voos comerciais e particulares, proporcionando mais comodidade a quem visita o município, além de fomentar a geração de divisas, emprego e renda na região. O terminal, com capacidade de atender 300 pessoas por dia, vai poder receber aeronaves do modelo Airbus A319, com ocupação média de 120 passageiros.

LEIA MAIS EM NOSSO SITE WWW.BENIGNASOARES.COM.BR 

AMAZONAS: Madeireira é multada em mais de R$ 190 mil em Manicoré por Operação Tamoiotatá

Em mais um dia de fiscalização pela Operação “Tamoiotatá”, o Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), multou em mais de R$ 192 mil uma madeireira que estava funcionando ilegalmente na região sul do estado. 

A ação ocorreu na terça-feira (27/04), quando policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) e os fiscais do meio ambiente localizaram o estabelecimento no município de Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus).

Leia mais em nosso site: www.benignasoares.com.br